Paraíso Eu

Mais um vídeo de um dos nossos ensaios para o #SXSW 2013.

Another song from our #SXSW 2013 rehearsals.

All sounds performed live. No music sequences.

Music and Lyrics by Arnaldo Antunes.

Lu Horta: voice and acc guitar
Loco Sosa (Marcelo Effori): samples and everything else

Recorded at Loco Sosa’s Noise Factory on march 2013.

Sabe Lá Deus

Rehearsing for #SXSW 2013 (Austin, Texas)

All sounds performed live. No music sequences.

Music and Lyrics by Lu Horta.

Lu Horta: voice and acc guitar.
Loco Sosa (Marcelo Effori): samples and everything else.

Recorded at Loco Sosa’s Noise Factory on march 2013.

Não Se Cale

– English Version Below –
Dois anos atrás fui surpreendida com a imagem da capa do meu primeiro álbum (Lu Horta — 2003, que tem uma foto do meu rosto clicada pela fotógrafa Inaê Coutinho) circulando na internet e também por outros meios de comunicação, como símbolo da campanha pela não violência contra a mulher.
A imagem foi adulterada com um X vermelho colocado na minha boca e o slogan “Não se Cale, diga não a violência contra a mulher” foi associado a este “novo” retrato da minha cara.
Toda essa situação me causou verdadeiro desconforto, dado que o meu veículo de trabalho é a voz; foi desagradável também, tanto pra mim quanto para as pessoas envolvidas com a produção da capa do meu cd, o fato de terem violado os nossos direitos de autor.
No entanto, através de uma iniciativa pessoal, decidi apoiar a campanha e expressar a minha solidariedade a causa, que considero nobre.
Inspirada pelo slogan do movimento, compus uma canção e fiz um clipe homenageando as mulheres.
Gostaria de agradecer todas as pessoas que me ajudaram nessa façanha.
São elas pela ordem dos acontecimentos:
Betta Vidmar, Suzana Moraes, Inaê Coutinho, Nelson Barbosa Jr, Neusa Franzoi, Rosângela, Marília Zalaf e Prof. Waldyr; Bezinha, Nani ,Tatiana Mehler, Fernando Horta, Bruno Bonaventure, Jesus Sanchez e todos amigos do estudio Sound Design; Zé Nigro, Sil ,Dani, Ana, Ró, Beta, Maria Lucia, Pati, Nina Cavalcanti ,Gianni Puzzo e especialmente Marcelo Effori.
Finalmente agradeço todas as mulheres da minha família, todas as minhas amigas, todos estes nomes que são citados nessa canção e muitos outros que estão no meu coração.
Todas elas, todo dia, por favor: não se calem!

SP, 25 de novembro: dia internacional pela não violência contra a mulher!

English:

Two years ago I was surprised to find the image of myself as it appears on my first album cover (created by Inaê Coutinho) circulating on the internet and appearing through other media. It was being used as the principal image in the campaign against violence against women.
Later the image became further corrupted by a red X superimposed on my mouth and the slogan “Don’t be silent, say no to violence against women”. This caused me a great deal of discomfort given the fact the vehicle of my work is my voice. This feeling of
uneasiness was shared by my collaborators on the original album production and in all of our opinions was and still remains an unethical violation of our copyright.
On the 25th November 2012, the International Day of No Violence Against Women, independently and on my own initiative I decided to express my solidarity with the campaign and inspired by the slogan of the movement I wrote a song and created a video to pay homage to all women.
This project was a committed collaboration involving a large and varied group of media professionals and friends to which I owe a heartfelt thank you. Please take note of all these individuals:
Betta Vidmar, Suzana Moraes, Inaê Coutinho, Nelson Barbosa Jr, Neusa Franzoi, Rosângela, Marília Zalaf e Prof. Waldyr; Bezinha, Nani, Tatiana Mehler, Fernando Horta, Bruno Bonaventure, Jesus Sanchez, Sound Design Studio; Zé Nigro, Sil, Dani, Ana, Ró, Beta, Maria Lucia, Pati, Nina Cavalcanti ,Gianni Puzzo and Marcelo Effori.
Finally I need to thank all the women of my family, my women friends, the women as mentioned in the song and many more that remain in my heart.
All of you, everyday please “DON’T BE SILENT”

#Acoustic Sessions: Miss Celie’s Blues

Pra uma mulherada que vive se equilibrando no olho do furacão, todas elas: minhas avós, bisavós, minha mãe, minhas irmãs, minhas amigas…todas que eu amo tanto e outras que ainda hei de amar, com um beijo especial pra Nanda que hoje presenteou o mundo com a chegada da Sofia! “Oiê, olha as suas filhas Mamãe Oxum” e salve São Jerônimo!Peace.

Mais uma super produção Marcelo Effori (Loco Sosa)
#Acoustic Sessions

Lu Horta: voices, synth bass, body percussion, acc guitar
Lyrics by: Quincy Jones, Rod Temperton and Lionel Richie
Song by: Quincy Jones & Rod Temperton
for the film The Color Purple

A História das canções # QUITANDINHA

Me inspirei em alguns amigos frugíveros pra compor essa canção. Já ouviu falar de pessoas que se alimentam só de frutas?
No período em que compus, por volta de 2002, eu havia modificado totalmente a minha dieta alimentar e me tornado uma protovegetariana. Esse termo é usado para classificar pessoas que não comem nenhum tipo de carne, mas ainda consomem ovos e laticínios.
No momento estou trabalhando gradativamente para me tornar uma legítima vegetariana e não consumir nada que seja de origem animal.
Segue abaixo o vídeo produzido pelo “Música de Bolso” e também a cópia dos acordes da canção especialmente para una chica muy linda que me pediu essa cifra (Josefina! Desculpe o rascunho).
E quem quiser escutar a versão de estúdio é só clicar no player ao lado.

Acoustic Sessions #3 | Walking on the Moon

Um clássico irresistível do The Police! Agradeço a dica do Edu Pedrasse na abertura dos acordes todos com a corda SI solta na parte A da canção, criando uma atmosfera lunar. Só pra constar: cada planeta tem uma nota correspondente. SI é o tom que corresponde à Lua. Quando eu e o Edu pensamos nesta progressão (há muitos anos atrás) nem eu nem ele sabíamos disso…mistérios da sincronicidade!