Não se cale, diga não à violência contra a mulher!

25 de novembro filipeta
25 de novembro é o dia internacional pela não violência contra a mulher. Existe uma programação que vai acontecer a partir da semana que vem na Usp em prol dessa causa. No ano passado compus a canção “Não se Cale!” especialmente para essa campanha. Com a ajuda de amigos/artistas gravamos e fizemos um clipe da música. Logo abaixo do vídeo tem um texto onde eu conto a história de como me envolvi com esse movimento e o nome de todos os que me ajudaram e participaram da gravação. Na terça 26/novembro vou fazer um show no Espaço Ágora na Usp às 11h30 após a caminhada pela não violência contra a mulher. Compareçam…peace and love!

Dois anos atrás fui surpreendida com a imagem da capa do meu primeiro álbum (Lu Horta — 2003, que tem uma foto do meu rosto clicada pela fotógrafa Inaê Coutinho) circulando na internet e também por outros meios de comunicação, como símbolo da campanha pela não violência contra a mulher.
A imagem foi adulterada com um X vermelho colocado na minha boca e o slogan “Não se Cale, diga não a violência contra a mulher” foi associado a este “novo” retrato da minha cara.
Toda essa situação me causou verdadeiro desconforto, dado que o meu veículo de trabalho é a voz; foi desagradável também, tanto pra mim quanto para as pessoas envolvidas com a produção da capa do meu cd, o fato de terem violado os nossos direitos de autor.
No entanto, através de uma iniciativa pessoal, decidi apoiar a campanha e expressar a minha solidariedade a causa, que considero nobre.
Inspirada pelo slogan do movimento, compus uma canção e fiz um clipe homenageando as mulheres.
Gostaria de agradecer todas as pessoas que me ajudaram nessa façanha.
São elas pela ordem dos acontecimentos:
Betta Vidmar, Suzana Moraes, Inaê Coutinho, Nelson Barbosa Jr, Neusa Franzoi, Rosângela, Marília Zalaf e Prof. Waldyr; Bezinha, Nani ,Tatiana Mehler, Fernando Horta, Bruno Bonaventure, Jesus Sanchez e todos amigos do estudio Sound Design; Zé Nigro, Sil ,Dani, Ana, Ró, Beta, Maria Lucia, Pati, Nina Cavalcanti ,Gianni Puzzo e especialmente Marcelo Effori.
Finalmente agradeço todas as mulheres da minha família, todas as minhas amigas, todos estes nomes que são citados nessa canção e muitos outros que estão no meu coração.
Todas elas, todo dia, por favor: não se calem!

SP, 25 de novembro: dia internacional pela não violência contra a mulher!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *